TOP 10 - ATRIZES DO CINEMA MUDO

A era silenciosa do cinema não se resume apenas a Charles Chaplin, Metropolis ou a um ou outro filme. Se formos mais a fundo, podemos descobrir que a era silenciosa, além de importante para o desenvolvimento do cinema, trouxe consigo grandes nomes, alguns esquecidos, outros lembrados até hoje. Alguns deram certo na fase sonora, outros não, mas o importante é serem sempre relembrados. E hoje trago aqui no blog, um Top 10 com atrizes do cinema mudo.

Louise Brooks
Uma das atrizes mais famosas desse período, muito conhecida pelo filme "Die Büchse der Pandora". Mary Louise Brooks (1906-1985) além de atriz foi uma mulher muito a frente do seu tempo, chegando a bater de frente com os poderosos dos estúdios em busca de condições e salários melhores. Devido a essa personalidade forte, foi boicotada. Fez cerca de 24 filmes entre 1925 e 1938, passou por um período de esquecimento e ostracismo, mas com o passar do tempo voltou a ser resgatada seja nos filmes, seja pelo corte de cabelo que muitas mulheres usam até hoje ou seja por sua história de vida inspiradora.

Lillian Gish
"Boneca de Porcelana" essa seria uma das características para definir Lillian Diana de Guiche, mais conhecida como Lillian Gish (1893-1993). Mesmo tendo um rosto delicado e um corpo frágil, Lillian Gish conseguiu entrar para as atuações mais extraordinárias do cinema mudo, quem assistiu "The Scarlet Letter", "The Wind", "Broken Blossoms" entre outros, sabe do que estou falando.
Foi uma das poucas atrizes da era silenciosa que conseguiu transitar sem problemas para a fase sonora, fazendo filmes como "Duel in the Sun", "The Unforgiven", "The Night of the Hunter", "The Whales of August" entre outros.

Clara Bow
Clara Gordon Bow (1905-1965) mais conhecida como Clara Bow ou a "It Girl", teve uma vida digna de novela mexicana: filha de mãe que se prostituía e que possuía transtornos mentais e de um pai abusivo e violento, foi descoberta após participar de um concurso cujo o prêmio consistia em uma participação em um filme. Clara ganhou o primeiro lugar e a partir daí sua sorte mudou em termos.
Graças as suas personagens Clara ganhou a alcunha de "It Girl" (garota que tinha aquilo) e foi uma das atrizes que não conseguiram se adaptar a fase sonora. Chegou a sofrer vários transtornos mentais e foi internada várias vezes em um sanatório.

Alla Nazimova
Mariam Edez Adelaida (1879-1945) ou Alla Nazimova, ou simplesmente Nazimova, foi uma atriz russa e estadunidense. Famosa não apenas nas telas ou no teatro, mas fora deles também, pois era dona de uma mansão chamada "Jardim de Allah", onde rolavam orgias e festas regadas a drogas. Devido a esse tipo de comportamento, que ficou bem escancarado para o público, acabou sendo boicotada e tentou o suicídio, uma boa parte dos seus filmes, considerados sensuais e escandalosos demais foram perdidos.

Musidora
Junto com Theda Bara, a francesa Musidora (1889-1957) foi uma das primeiras "Vamps" do cinema mudo. Estrelou em 1915 o filme "Les Vampires" que se tornou um clássico da fase silenciosa do cinema.

Pola Negri
Pola Negri, nascida Barbara Apolonia Chalupiec (1896-1987) foi a primeira atriz européia a ser levada para os Estados Unidos e a fazer sucesso. Foi para Hollywood em 1921 com Ernest Lubitsch que havia a dirigido anteriormente em "Carmem" e "Madame Du Bary". Também recebeu a alcunha de "vamp"  e nos últimos anos de vida, afastou-se do mundo artístico.

Gloria Swanson
Quando falamos de Gloria Josephine Mae Swanson (1899-1983) nos lembramos imediatamente de "Sunset Boulevard". Porém Gloria já tinha uma carreira consolidada há tempos.
Estreou no cinema em 1914 como figurante e nos anos 20 já fazia um considerado sucesso. Afastou-se das telas em 1932 para tornar-se uma mulher de negócios. Mas voltou a filmar esporadicamente, principalmente quando o papel era interessante. Em 1950 atingiu o ápice interpretando a decadente atriz de cinema Norma Desmund, chegando a receber uma indicação ao Oscar.

Greta Garbo
Garbo é um dos maiores exemplos de atrizes que conseguiram passar da fase muda para a falada,
Greta Lovisa Gustafsson ou Greta Garbo, foi trazida da Suécia, para Hollywood em 1925. Contratada pela MGM, estrelando filmes como "Flash and the Devil" "Wild Orchids", "Torrent" "The Temptress" entre outros. Seu primeiro filme falado "Anna Christie" em 1930 trouxe o slogan "Garbo Talks" chamando atenção de todos que tinham curiosidade de saber como seria a voz da enigmática atriz. O filme foi um sucesso e Garbo continuaria fazendo filmes até 1941, quando decidiu se afastar das telas.

Mary Pickford
Gladys Marie Smith ou simplesmente Mary Pickford (1892-1979)  além de atriz foi produtora, fez mais de 200 filmes e boa parte deles ainda na fase silenciosa. Junto com o marido Douglas Fairbanks, David Griffith e Charlie Chaplin, fundou a United Artists. Além de ter sido uma famosa feminista. Ganhou um Oscar em 1930 e um prêmio honorário em 1976.

Theda Bara
Já famos sobre Theda Bara aqui no blog, mas sempre é bom relembrá-la. Theodosia Burr Goodman (1885-1955) foi uma das primeiras atrizes a serem chamadas de "Vamps" que significa uma mulher fatal e predadora. Além de ter sido uma das primeiras figuras enigmáticas e sensuais das telas, antes mesmo de Garbo. Ironicamente foi uma das atrizes mais populares do cinema mudo, porém um incêndio nos estúdios da Fox, causou a perda de praticamente todos os seus filmes. Hoje resta apenas um filme seu inteiro (A Fool There Was) e alguns pequenos fragmentos de outras produções, como "Cleopatra".

***
TOP 10 - ATRIZES DO CINEMA MUDO TOP 10 - ATRIZES DO CINEMA MUDO Reviewed by Rodrigo Veninno on 14:16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.