DICIONÁRIO RETRÔ - MARLON BRANDO

Marlon Brando, foi um dos mais importantes atores de cinema e teatro, além de ser considerado um grande símbolo sexual, até os dias de hoje. Nascido em 3 de abril de 1924, era filho de Marlon Brando Sr. e Dorothy Pennebaker, que se separaram quando ele tinha apenas 11 anos. Sua mãe levou Marlon e suas irmãs Jocelyn e Frances para viverem com a avó na Califórnia até 1937, quando decidiu se reconciliar com o marido e voltar a viver com ele e com os filhos.
Brando teve uma infância tumultuada, sendo expulso da escola e aos 16 anos de idade mandado para a  academia militar, onde se sobressaiu nas aulas de teatro, mas devido a uma tentativa de fuga, acabou sendo expulso, sendo aceito de volta um ano mais tarde, quando decidiu não dar prosseguimento aos estudos. Brando foi para Nova York atrás de suas irmãs, uma tentava ser pintora, enquanto a outra estava na Broadway. Em Nova York, Brando estudou em várias escolas de teatro, entre elas a Stella Adler Studio de Stella Adler.
Brando  chamou a atenção atuando na peça de Tennesseee Williams, "Um Bonde chamado Desejo" (A Streetcar Named Desire), no papel do rude Stanley. Foi chamado para desempenhar o mesmo papel na versão cinematográfica, que teve seu lançamento atrasado, fazendo com que o filme  "Espíritos Indômitos" (The Men), que foi filmado posteriormente fosse sua estreia no cinema.
Com sua atuação em "Um Bonde chamado Desejo" Marlon Brando ganhou uma indicação ao Oscar, mas acabou perdendo para Humphrey Bogart em "Uma Aventura na África" (The African Queen). Posteriormente Marlon ganharia dois Oscars pelo seu desempenho nos filmes "Sindicato de Ladrões" (On the Waterfront) em 1954 e "O Poderoso Chefão" (The Godfather) em 1972, além de dois Globos de Ouro pelo desempenho nos respectivos filmes e três BAFTAS, pelos filmes "Viva Zapata!" de 1952, "Julius Caesar" de 1953 e "Sindicato de Ladrões" de 1954.
Em 1953, Brando se tornaria ídolo dos jovens, ao interpretar um delinquente em "O Selvagem" (The Wild One). O look de seu personagem, composto de jaqueta de couro, camiseta branca e jeans, foi copiado por muitos rapazes na época, além de inspirar James Dean e Elvis Presley. Chegou a dirigir um único filme em 1961: "A Face Oculta" (One-eyed Jacks). Nos anos 70 fez clássicos como "Apocalypse Now", "O Poderoso Chefão" e o polêmico "Último Tango em Paris" (Last Tango em Paris). Faleceu em 1º de julho de 2004 aos 80 anos, em Los Angeles.

***
DICIONÁRIO RETRÔ - MARLON BRANDO DICIONÁRIO RETRÔ - MARLON BRANDO Reviewed by Rodrigo Veninno on 19:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.