CINEMATECA - LILI

"Lili" é um adorável e fofo filme de 1953, produzido pela MGM, baseado em um conto de Paul Gallico, chamado "The Man Who Hated People", publicado em 1950 no The Saturday Evening Post. O filme foi dirigido por Charles Walters e estrelado por Leslie Caron e Mel Ferrer.
A ingênua Lili (Leslie Caron), chega à cidade em busca de um velho amigo de seu pai, que pode lhe arranjar um emprego, porém ela acaba descobrindo que ele já havia morrido. Acaba então conhecendo um mágico, que lhe arruma um emprego de garçonete. Mostra-se desajeitada para a função e acaba sendo demitida. Decide então se suicidar, mas é salva, ao ser distraída por quatro marionetes. Lili em sua ingenuidade começa a conversar com as marionetes, como se elas fossem reais e acaba despertando o interesse das pessoas, que ficam encantadas, pensando ser uma atração do circo.
As marionetes são manipuladas por Paul (Mel Ferrer), que possui a fama de ser um rapaz antipático e introspectivo e que trata Lili muito mal. Lili não sabe que Paul está por trás das marionetes e que é com ele que conversa. A interação de Lili com as marionetes faz tanto sucesso, que Lili acaba sendo contratada para repetir os números todas as noites. Paul que já fora um dançarino, parou de exercer a função, após ser ferido na perna durante a Guerra. Para sobreviver começou a trabalhar com marionetes, tornando-se uma pessoa amarga e frustrada, conseguindo expressar seus sentimentos através das marionetes. Leslie Caron na época das gravações tinha apenas 22 anos, havia sido descoberta dois anos antes por Gene Kelly para as gravações de "An American in Paris" (Sinfonia de Paris). Chegou a ser indicada por esse filme na categoria de melhor atriz. Acabou perdendo para Audrey Hepburn em "Roman Holiday"  (A Princesa e o Plebeu).
Os bonecos foram desenhados e desenvolvidos por Paul E. Walton e Michael O'Rourke famosos no meio circense, e contaram com a ajuda de George Latshaw na manipulação das marionetes.  
Um dos momentos mais marcantes do filme é onde Leslie Caron e Mel Ferrer interpretam a canção "Hi Lili, Hi Lo" escrita por Helen Deutsch, que atingiu a 30ª posição nas paradas musicais. O filme ganhou um Oscar de Melhor Trilha Sonora - Comédia ou Drama, além de ter sido inserido no Festival de Cannes de 1953. O sucesso do filme foi tão arrebatador, que Paul Gallico, expandiu a história em 1954, no formato de novela, chamada "The Love of Seven Dolls". O filme chegou a ter uma adaptação para os palcos chamada "Carnival!".

"Lili" é um dos lançamentos desse mês da  Obras Primas do Cinema.
Clique na capa do produto e saiba mais informações e compre hoje mesmo:

***

CINEMATECA - LILI CINEMATECA - LILI Reviewed by Rodrigo Veninno on 11:36 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.