DICIONÁRIO RETRÔ - BETTE DAVIS

Bette Davis nome artístico de Ruth Elizabeth Davis (5 de Abril de 1908 - 6 de Outubro de 1989) foi uma atriz de cinema. É considerada a segunda maior atriz de todos os tempos, ficando atrás apenas de Katharine Hepburn, em uma lista elaborada em 1999 pelo American Film Institute. Conhecida por interpretar na maioria das vezes mulheres más e dissimuladas. A inspiração de se tornar atriz veio após assistir a peça "The Wild Duck" estrelada por Peg Entwistle. Posteriormente Bette diria que a peça foi um fator decisivo para sua decisão de ser atriz "antes da peça, eu queria ser atriz, quando ela terminou, eu tinha que ser uma atriz".
Acompanhada pela mãe, após fazer cursos de interpretação e estrelar algumas peças, chega em Hollywood no dia 13 de Dezembro de 1930, como contratada pelo estúdio Universal. Sua primeira aparição foi no filme "The Bad Sister" em 1931, em um papel menor, marcando também a estreia de Humphrey Bogart, que futuramente se tornaria um astro. Após algum período sendo emprestada a outros estúdios e estrelando filmes sem tanto apelo ou importância comercial, Bette Davis não tem seu contrato renovado com a Universal. Decidida a deixar Hollywood e voltar para o teatro, Bette foi surpreendida por um convite do ator George Aliss, seu antigo professor de interpretação, que necessitava de uma jovem atriz para seu novo filme "The Man Who Played God" em 1932 e convenceu os executivos da Warner Broothers a contratá-la.
Passado um período de ostracismo em filmes não muito memoráveis, a sorte de Bette muda quando convence os executivos a emprestá-la para os estúdios RKO, para as filmagens de "Of Human Bondage", que se tornou um grande sucesso de crítica, fazendo com que seu nome fosse acrescentado de última hora para concorrer ao Oscar de Melhor Atriz. Claudette Colbert acabou ganhando os votos por sua interpretação  em "Aconteceu Naquela Noite". No ano seguinte estrelaria "Dangerous" onde ganharia seu primeiro Oscar, o segundo seria por "Jezebel", em 1938. Ao terminar de filmar "The Petrified Forest" em 1936, Bette voltou a fazer filmes que considerava medíocres. Certa de que sua carreira estava sendo sabotada, Bette abandonou a Warner antes do término de seu contrato, resultando em uma das brigas judiciais mais famosas de toda a história. Mesmo perdendo a causa, Bette passou a ser mais valorizada e respeitada pelos chefões do estúdio, a prova viria em 1937 com "Marked Woman" ao lado de Humphrey Bogart novamente, despertando novos elogios.
Até o final da década de 40, Bette Davis era um dos maiores e mais lucrativos nomes dos estúdios Warner, sempre perfeccionista e tempestuosa, arrumava conflitos com diretores, atores e até mesmo com os executivos do estúdio, com isso acabou adquirindo a fama de ser uma "atriz difícil". Foi indicada ao Oscar por cinco anos consecutivos, de 1938 a 1942, sendo uma das recordistas de indicações seguidas ao lado de Greer Garson. Em 1950 recebeu em mãos o roteiro de "All About Eve", que consideraria o melhor roteiro que já havia lido em sua vida. O papel da temperamental atriz de teatro Margo Channing, estava previsto para Claudette Colbert, porém após esta sofrer um acidente e ficar impossibilitada de desempenha-lo, o nome de Bette foi considerado. Aqui se repete uma ironia: Claudette havia ganho um Oscar anos antes, sendo que Bette era a atriz favorita para o prêmio e anos depois Bette fica com um papel que havia sido oferecido especialmente para Claudette,. Bette chegou a ser indicada ao Oscar, porém acabou perdendo para Judy Holliday em "Nascida Ontem", mas acabou ganhando um prêmio no Festival de Cannes.
Sua última indicação ao Oscar viria em "O que terá acontecido com Baby Jane" filme que estrela junto com Joan Crawford, uma de suas maiores rivais de bilheteria. Foi a primeira mulher a receber um prêmio pelo conjunto da obra  do American Film Institute, além de ter sido a primeira pessoa a receber dez indicações da Academia nas categorias de atuação. Foi também a primeira mulher presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.Em 1981 foi homenageada por Kim Carnes através da música "Bette Davis Eyes". Bette faleceu no dia 6 de Outubro de 1989, aos 81 anos. Mesmo sendo mais conhecida por interpretar mulheres más, Bette foi uma atriz além dos rótulos.
                                                                             ***
DICIONÁRIO RETRÔ - BETTE DAVIS DICIONÁRIO RETRÔ - BETTE DAVIS Reviewed by Rodrigo Veninno on 14:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.