CINEMATECA - PEGGY SUE, SEU PASSADO A ESPERA (PEGGY SUE GOT MARRIED)


E se você tivesse a chance de voltar ao passado e fazer novas escolhas?
Esse é o tema de "Peggy Sue, seu passado a espera" (Peggy Sue Got Married) de 1986, dirigido por Francis Ford Coppola, com Kathleen Turner e Nicolas Cage nos papéis principais, o filme conta a história de Peggy Sue (Turner) que está com 43 anos e passa por um complicado processo de divórcio, após descobrir que seu marido estava lhe traindo.
Charlie (Cage) é o marido em questão de Peggy, um cara cheio de frustrações, que trabalha com anúncios de televisão, mas que no fundo gostaria de ser cantor, carreira na qual ele acabou fracassando, o processo de divórcio deixa Peggy deprimida, ao receber um convite para um baile de reencontro com seus amigos de colégio, ela não mostra nenhum interesse em ir, porém acaba sendo encorajada pela sua filha.
Ao chegar no baile, Peggy reencontra diversos amigos que não via há anos e acaba sendo coroada como rainha do baile, emocionada, Peggy acaba desmaiando, ao acordar ela percebe que não está mais nos anos 80 e sim nos anos 60, ao perceber que está tendo uma nova chance de reviver sua vida, Peggy decide então, dar um novo rumo à sua vida, tomando novas decisões que podem mudar seu futuro, entre as decisões que decide tomar é a de que se deve realmente casar com Charlie ou se apaixonar por uma outra pessoa.

Originalmente Debra Winger interpretaria Peggy Sue, porém a atriz acabou sofrendo um acidente e teve que ser substituída por Kathleen Turner, que vinha de um grande sucesso "A Honra do Poderoso Prizzi" (Prizzi's Honor), pelo seu desempenho em "Peggy Sue", Kathleen foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz, perdendo para Marlee Matlin em "Filhos do Silêncio" (Children of a Lesser God), inicialmente o diretor cotado para o projeto era Penny Marshall, com a saída de Penny, entrou Coppola, que escalou Nicolas Cage para o papel masculino principal.
Kathleen e Nicolas, não tiveram uma relação muito agradável durante as gravações do filme, Nicolas que é sobrinho de Coppola, batia de frente com as decisões de Coppola, para não passar a imagem de que o tio o protegia, porém tais atitudes, só prejudicavam o andamento do filme.
Em sua autobiografia Kathleen afirma que a experiência foi tão traumatizante que ela posteriormente se recusou a atuar em qualquer filme que Nicolas estivesse, também nessa autobiografia, Kathleen faz declarações embaraçosas sobre Nicolas ter dirigido bêbado e ter roubado um cachorro, Nicolas não gostou nada de tais declarações e acabou processando-a e ganhando.
O filme ainda conta com as participações de Jim Carrey e Helen Hunt, em pequenos papéis, além da filha de Coppola, Sofia, o filme arrecadou mais de 40 milhões de dólares nos EUA e foi a maior bilheteria de Coppola desde "Apocalypse Now" de 1979.

"Peggy Sue, seu passado a espera" é um dos lançamentos da Obras Primas do Cinema.
Clique na capa do produto e saiba mais informações e compre hoje mesmo:

CINEMATECA - PEGGY SUE, SEU PASSADO A ESPERA (PEGGY SUE GOT MARRIED) CINEMATECA - PEGGY SUE, SEU PASSADO A ESPERA (PEGGY SUE GOT MARRIED) Reviewed by Rodrigo Veninno on 15:09 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.