CINEMATECA - HAVAÍ (HAWAII)

"Havaí" (Hawaii) foi o filme de maior bilheteria de 1966, ano de seu lançamento, passando para trás outro grande épico: "A Bíblia.. No Início" (The Bible... In The Beginning). Havaí foi dirigido por George Roy Hill e baseado no romance homônimo de James A. Michener. No topo do elenco os consagrados Julie Andrews e Max Von Sydow.
O filme se passa em 1820, a partir do momento em que um príncipe havaiano inspira dois colegas seus da universidade, a viajarem para a sua terra como missionários, para catequizarem os nativos. Porém para exercerem essa tarefa, precisam estar casados. Assim Jerusha (Julie Andrews) que ama um capitão que não vê há dois anos, aceita se casar com Abner (Sydow). Ao chegarem às ilhas fica provado que o choque cultural é a primeira barreira a ser derrubada, já que os nativos e os estrangeiros se estranham nos costumes.
A Rainha Malama (Jocelyne LaGarde) lidera os nativos e faz com que eles mantenham uma atitude pacífica, mas que ao mesmo tempo não cedam aos estrangeiros, mantendo uma postura firme contra às investidas de Abner que os ameaça com o inferno.  Os nativos sabem que seu estilo de vida está com dos dias contados e com isso uma tragédia fica prestes a acontecer. 
Inicialmente, o filme seria dirigido por Fred Zinnemann e teria Audrey Hepburn e Alec Guinness nos papéis principais, porém devido a conflitos com o produtor Walter Mirisch e com o co-roteirista Dalton Trumbo, além dos atrasos causados devido às condições climáticas, o fizeram desistir do projeto. George Roy Hill entrou em seu lugar e reformulou a escolha do elenco. Chegou-se a cogitar Rock Hudson para o papel do capitão Rafer, papel que acabou ficando com Richard Harris.  Inclusive os filhos de Max Von Sydow, Henrik e Clas. Von Sydow interpretaram o filho de seu personagem em diferentes épocas durante o filme,
Para o papel da Rainha Malama, foi escolhida a havaiana Jocelyne LaGarde, que nunca havia atuado antes e que não falava inglês, mesmo assim ela ganhou um Globo de Ouro e uma indicação ao Oscar na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante. Esse foi o seu único desempenho em filmes.
O filme chegou a ganhar uma continuação em 1970 chamada "Os Havaianos" (The Hawaiians), que se passa 40 anos após os eventos do primeiro filme, com Charlton Heston que havia recusado os papéis do missionário e do capitão, no filme anterior. A continuação foi um desastre de bilheteria.
O filme foi filmado a partir de Fevereiro de 1966 e chegou aos cinemas em Outubro do mesmo ano, com um orçamento de 15 milhões de dólares e lucrando em torno de 34 milhões de dólares, deixando para trás o épico  "A Bíblia.. No Início" (The Bible... In The Beginning) que era até então a maior aposta dos cinemas.

"Havaí" foi lançado pela Obras-Primas do Cinema e já se encontra disponível para compra, nas melhores lojas do ramo. Clique na capa para saber mais informações ou para adquirir a sua edição:

***
CINEMATECA - HAVAÍ (HAWAII) CINEMATECA - HAVAÍ (HAWAII) Reviewed by Rodrigo Veninno on 05:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.