CINEMATECA - SINFONIA DE PARIS (AN AMERICAN IN PARIS)

"Sinfonia de Paris" (An American in Paris) é considerado por muitos um dos musicais mais importantes de todos os tempos, além de ser uma delicada e colorida obra de arte. Foi inspirado em uma composição orquestral de mesmo nome (An American em Paris) de George Gershwin, seu irmão Ira escreveu as letras e Saul Chaplin se encarregou de músicas adicionais. Outras composições de George foram utilizadas no filme. O musical foi dirigido por Vincente Minnelli, que gozava de bastante prestígio dentro da MGM, por ser um diretor que prezava muito o lado estético e visual, que pode ser comprovado em obras como "Meet me in St. Louis" (Agora Seremos Felizes), "Gigi" (que lhe rendeu o Oscar de melhor direção), "Yolanda and the Thief" (Yolanda e o Ladrão), "The Band Wagon"(A Roda da Fortuna), "Lust for Life" (Sede de Viver), entre outros.
No elenco nomes como Gene Kelly, que vinha crescendo dentro da MGM, Oscar Levant, Leslie Caron, Nina Foch, entre outros. O filme foi desenvolvido a partir de um roteiro de Alan Jay Lerner.
Gene Kelly foi o responsável pelas coreografias dos números musicais, principalmente pelo número de balé que tem duração aproximada de 17 minutos. Apenas o número de balé, custou quase meio milhão de dólares e foi um dos grandes problemas de produção, pois sabiam que esse número seria produzido, porém não sabiam em que determinada parte do filme inseri-lo. Após um incidente com Nina Foch, que adoecera de catapora, suspendendo as gravações por alguns dias, Gene e Vincente se reuniram durante três dias com a direção artística da MGM, em busca de uma solução, foi definido que o número seria apresentado no final do filme. Após esse empecilho ser solucionado e Foch se curado, as gravações ocorreram normalmente.
O filme conta a história de Jerry Mulligan (Gene Kelly) que lutou no exército americano, na Segunda Guerra Mundial, após a guerra decidiu viver em Paris, como pintor. Jerry tem um amigo pianista chamado Adam (Oscar Levant) que forma parceria com um cantor francês Henri (Georges Guetary), Jerry conhece Lise (Leslie Caron) e se apaixona por ela, sem saber que ela é namorada de Henri. A MGM queria no papel de Lise Cyd Charisse, porém Gene Kelly vetou a ideia, pois queria alguém mais jovem e de preferência desconhecida. Gene foi até Paris e descobriu Leslie Caron, quem achou perfeita para o papel, porém Leslie nem sequer conhecia Gene Kelly, pois devido à Guerra, o cinema americano não era algo tão recorrente em Paris. Ao saber que Leslie era uma boa bailarina, Gene usou muito da experiência dela, para formular números solos para a atriz.
O filme foi lançado em 11 de novembro de 1951 com um orçamento de quase 3 milhões de dólares. As bilheterias atingiram 7 milhões de dólares ao todo. O filme levou 6 Oscars entre eles o de melhor filme, desbancando "Quo Vadis", "A Streetcar Named Desire" (Um Bonde Chamado Desejo) e "A Place in the Sun" (Um Lugar ao Sol), fortes concorrentes e consideráveis apostas de vencedores. Gene Kelly recebeu um Oscar Honorário, pela sua contribuição ao filme. O filme ainda seria um dos cartazes do Festival de Cannes em 1952. Em 1993 o filme foi selecionado para preservação e em 2011 foi restaurado pela Warner, mantendo seu aspecto original, para o seu aniversário de 60 anos.
***
CINEMATECA - SINFONIA DE PARIS (AN AMERICAN IN PARIS) CINEMATECA - SINFONIA DE PARIS (AN AMERICAN IN PARIS) Reviewed by Rodrigo Veninno on 06:40 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.