DICIONÁRIO RETRÔ - DISCOS DE VINIL

O disco de vinil, conhecido popularmente como vinil ou até mesmo como LP (sigla para Long Play) foi criado no final da década de 40, para a reprodução musical. Feito de um material plástico chamado vinil (normalmente feito de PVC), na maioria das vezes na cor preta, registra informações de áudio, que podem ser transmitidas através de um toca-discos. O vinil é um tipo de plástico muito delicado e qualquer arranhão pode tornar-se uma falha e comprometer a qualidade sonora. Um dos piores inimigos tanto dos discos, quanto das agulhas que reproduzem o som é a poeira.
O disco de vinil, surgiu em 1948, tornando extintos os antigos disco de goma-laca de 78 rotações, que armazenavam apenas uma canção de cada lado e não possuíam tanta resistência, além de oferecer uma qualidade inferior de áudio. O declínio dos discos de vinil começou no final da década de 80, com o surgimento dos compact discs (CD), que prometiam maior capacidade, durabilidade e clareza sonora. As grandes gravadoras, produziram LPs até 31 de dezembro de 1997, restando apenas uma gravadora independente em Belford Roxo, a Vinilpress, que não resistiu e faliu no ano 2000. Porém a fabricação retornou em 1º de janeiro de 2010, com a abertura da gravadora Polysom, para atender o mercado de DJs, colecionadores e amantes do formato, insatisfeitos com a qualidade sonora do CD. Atualmente vários artistas estão lançando seus álbuns em vinil, para atender o público saudosista, mas que não abre mão da modernidade. 

Durante seu período de atividade, os discos de vinil foram produzidos em diversos formatos:

LP
Abreviatura de Long Play, disco com 31 cm de diâmetro e que era tocado a 33 1/3 rotações por minuto. A sua capacidade normal era de cerca de 20 minutos por lado. Esse formato era utilizado para a comercialização de álbuns completos.

EP
Abreviatura de Extended Play, dsco com 25 cm de diâmetro e que era tocado, normalmente a 45 RPM (Rotações Por Minuto). Sua capacidade normal era de cerca de 8 minutos por lado, ao todo quatro fixas, duas em cada lado.

SP
Abreviatura de Single Play, conhecido como compacto simples, disco com 17 cm de diâmetro, tocado usualmente a 45 RPM (no Brasil a 33 1/3 RPM). Sua capacidade normal era de 4 minutos por lado. Era utilizado na difusão de músicas de trabalho de um determinado álbum a ser posteriormente lançado.

MAXI
Abreviatura de Maxi single, disco com 31 cm de diâmetro e que era tocado a 45 RPM, com capacidade de 12 minutos por lado.

***
DICIONÁRIO RETRÔ - DISCOS DE VINIL DICIONÁRIO RETRÔ - DISCOS DE VINIL Reviewed by Rodrigo Veninno on 03:00 Rating: 5

2 comentários:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.