SOB O SOL DA TOSCANA: O FILME DA MINHA VIDA

Aviso - o texto pode conter spoilers
Eu amo filmes antigos e eles são praticamente 95% de tudo o que assisto, porém curiosamente o filme que mais amo nessa vida não é tão antigo assim e as pessoas estranham isso. Todo mundo tem um filme favorito, um filme especial, um filme que ama e que representa a pessoa. Um filme que está presente em nossas vidas, em todos os momentos, tanto nos bons, quanto nos ruins.
Conheci "Sob o Sol da Toscana", através de uma ex-colega de trabalho, isso em 2007. A gente conversava bastante e nossas conversas sempre caíam em nosso desejo de encontrar alguém para amar. Um dia ela comentou comigo sobre um filme chamado "Sob o Sol da Toscana" e em como ele era tão especial para ela. Fiquei bastante interessado pelo que ela me contou, mas fiquei mais ainda curioso quando ela disse que eu parecia muito com a protagonista desse filme: Frances.

Coincidentemente um tempo depois, ia passar esse filme de madrugada, naquela época eu não era tão familiarizado com downloads e afins e eu via muito filme de madrugada. No dia programado, o filme não foi exibido, fiquei bastante frustrado e mais curioso ainda em vê-lo. Decidi arriscar e comprei o filme sem nunca tê-lo visto e comprei um a mais para essa colega de trabalho. Lembro até hoje a reação dela quando o recebeu. Hoje não temos mais contato, cada um foi para seu lado, mas da nossa convivência, guardo esse filme como recordação e ela estava certa: me pareço muito com Frances. Fiquei muito emocionado quando o vi pela primeira vez e desde então se tornou um dos filmes que mais vi nessa vida, tendo uma época que eu o via todo mês. Acho que já vi mais de 30 vezes. Já sei os diálogos de cabeça. 
Para quem ainda não assistiu, o filme fala sobre Frances Mayes, uma escritora que vive um casamento não muito feliz, porém ela vai levando. O mundo de Frances desaba quando ela descobre que seu marido possui um caso fora do casamento. O filme dá um salto e vemos Frances já caminhando para um divórcio e bem arrasada por sinal. Para ela, aquilo era  o fim. Mas a gente que acompanha a história percebe que é um novo começo. Sua vida muda quando ela toma coragem e viaja para a Itália em uma excursão. Lá na Itália, na Toscana especificamente, ela se encanta por uma casa antiga "Bramasole". Mesmo com medo ela compra a casa e a partir daí ela começa uma reforma na casa e na sua vida. Ela reforma a casa no intuito de formar uma nova família e um casamento. No final do filme seus desejos são atendidos, mas não na forma que ela pediu, mas de um jeito mais especial ainda (essa é a minha parte favorita do filme, quando ela percebe que seus desejos foram atendidos, mas de uma forma que ela jamais poderia esperar e então ela descobre que é feliz).
Eu amo esse filme por ele nos mostrar que para cada fim, há um novo começo e que as coisas boas sempre vem com o tempo e que a vida nos oferece diversas oportunidades, cabe a nós termos a sensibilidade de enxergá-las e aproveita-las. Frances é uma personagem fácil de se identificar. Acho que todo mundo tem um lado Frances e às vezes tem medo de mudar o que lhe incomoda e sair em busca de novas emoções. Frances precisou passar por um divórcio e viajar para a Itália, para perceber que tudo o que ela precisava e buscava, estava o tempo todo dentro dela. Ela só precisou encontrar o momento certo para ativar aquilo e fazer a roda girar.
"Sob o Sol da Toscana" pode a princípio parecer um filme bobo, mas quanto mais a gente assiste ele, mais pegamos detalhes antes despercebidos e aprendemos grandes lições. Um dos detalhes que percebi, foi a relação de Frances com a torneira da casa. Uma parte que muitos não entendem até hoje. Quando ela chega na casa, após abrir a porta, ela já se defronta com a torneira e esbarra nela. Passado algum tempo, notamos que a torneira continua ali e pensamos que não possui ligação alguma com Frances ou com a história. Quando a reforma está perto do fim e Frances começa a se tornar uma nova pessoa, a torneira começa a pingar, dando sinal de que a qualquer momento sairá água dela e no final temos Frances frente a frente da torneira que está transbordando de água. A torneira e Frances estão interligadas. Quando Frances finalmente desabrocha, a torneira transborda, uma metáfora sobre o estado de espírito de Frances.
Outro ponto do filme são as homenagens e as referências ao cinema italiano. Foi graças a esse filme que conheci Fellini, Marcello Mastroianni, Cabíria, Mamma Roma, La Dolce Vida entre outros filmes fantásticos. A trilha sonora assim como o filme em si é leve e harmoniosa. Eu me sinto muito bem quando assisto esse filme e ele me motiva a continuar buscando aquilo que eu quero e procuro. Percebi que não preciso viajar para algum lugar para me encontrar, mas preciso saber me encontrar e fazer as coisas acontecerem e esse filme me ajuda bastante nisso. "Não corra atrás das joaninhas. Elas virão ate você" essa é uma lição importante.
***
SOB O SOL DA TOSCANA: O FILME DA MINHA VIDA SOB O SOL DA TOSCANA: O FILME DA MINHA VIDA Reviewed by Rodrigo Veninno on 22:10 Rating: 5

22 comentários:

  1. Na época que esse filme era lançamento,eu trabalhava em um vídeo locadora,trabalhei muito anos lá,era um filme que quase não locava,levei pra casa para ver e adorei,sempre indicava,quando a locadora fechou,fiz questão de ficar com esse filme. É muito bom,trás uma sensação única de como a vida vale a pena apesar de tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo adorei seu comentário. E é muito bom saber que além de mim, existem outros homens que gostam desse filme, que infelizmente é tachado como "filme feminino" e acho isso uma bobagem. Apareça sempre.

      Excluir
  2. Um dos meus filmes preferidos!!! Por mais difícil que seja a experiência que passamos na vida, sempre é tempo de recomeçar só depende de nós mesmos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Adriana.
      Obrigado pelo comentário. Apareça sempre.

      Excluir
  3. Um dia entrei na locadora da qual era sócia e estava muito triste,aí a moça me falou desse filme e disse que eu ia amar. Levei o filne,amei e tenhoassistido sempre(até comprei o DVD) Ele é triste mais me deu um novo ânimo na época. Quem puder assisti-lovo vale a pena, imperdível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme vale a pena ver sempre.
      Obrigado pelo comentário. Apareça sempre.

      Excluir
  4. Tão prazeroso quanto o filme, foi ler sua crônica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigado pelo carinho Maria Lúcia.
      Apareça sempre.

      Excluir
  5. Rodrigo eu amo esse filme...fui até Bramasole em 2014. Eu também me identifico em alguns aspectos com a Frances...li o livro também e embora o filme seja uma adaptação do livro, amei também a história real da Frances. É legal ver um homem apreciar um filme dito par a mulheres, isso mostra sua sensibilidade. Gostei muito do que vc escreveu. Ah, eu também tenho o filme é como não ter! Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvia que legal. Espero um dia ter a mesma sorte que você e conhecer Bramasole.
      Obrigado pelo comentário, fiquei tão feliz...
      Apareça sempre por aqui.

      Excluir
  6. Rodrigo por causa deste filme fiz um passeio inesquecível. A Toscana tem lugares maravilhosos. E me senti como a Frances renascendo. Amei sua crônica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sônia que legal. Fico muito feliz quando fico sabendo que alguém foi visitar Toscana por causa do filme. Obrigado pelo comentário e apareça sempre.

      Excluir
  7. Adoro também esse filme, fico feliz de ver alguém comentando e elogiando, primeira vez que vejo..
    Já assisti várias vezes e assisto de novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fátima espero que mais pessoas conheçam esse filme.

      Excluir
  8. Também amo esse filme eu o tenho e já o assisyi diversas vezes . No aniversário de 60 anos anos de uma grande amiga , que tem hoje 67, eu o dei de presente junto com um bom vinho italiano e uma joia de prata , um brinco, para que ela o assistisse saboreando a entrada na terceira idade , um novo começo na vida, junto com o vinho e lindamente enfeitada como uma bela mulher, dando a ela as boas vindas a essa etapa da vida que nos causa ainda estranhamento . A terceira idade. Um novo começo . Uma maturidade diferente , calma, atenta e leve. Fiz também uma carta manuscrita para ela felicitando- a nessa idade tão especial ! Principalmente para nós mulheres também divorciadas como Francês. Ela adorou o presente !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha Fátima. Fico tão feliz...

      Excluir
  9. Este filme é maravilhoso uma história simples que nos envolve até o final. Se eu tivesse possibilidade eu mudava para a Toscana. As casas de pedra são a minha paixão. Vale muito a pena assistir e reassistir.

    ResponderExcluir
  10. Esse é o filme da minha vida❤️. Também me identifico muito com a Frances. Quando eu assisti fiz um "acordo com o universo",que quando tivesse uma joaninha envolvida eu saberia identificar este homem. Então depois de muitas decepções amorosas conheci um cara especial, certo dia estávamos subindo de elevador (no Centro de Porto Alegre) e ele me disse para eu não me mexer que ia tirar uma coisa do meu braço, era uma joaninha. Hoje já estamos mais de 6 anos juntos, casados e no ano passado conhecemos Cortona e Bramasole. Foi uma viagem maravilhosa!!! Adorei sua resenha sobre o filme ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia, ler seu relato me fez muito bem. Fiquei bem emocionado. Eu ando meio decepcionado, quase perdendo a fé de encontrar alguém legal. Ler seu relato me trouxe um fio de esperança. Vou continuar acreditando e esperando. Torça por mim. Obrigado pelo seu comentário.

      Excluir
    2. As vezes nós precisamos passar por algumas experiências antes de encontrar a pessoa certa. Assim com o no filme, parecia que ia dar certo com um, depois parecia que ia se acertar com o outro... Até que no final do filme, quando ela menos esperava apareceu o homem da vida dela. Não perca às esperanças, vai vivendo e curtindo que uma hora acontece ;). Vou torcer por você! Abraços...

      Excluir

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.