RESENHA - HORROR MUDO - OBRAS-PRIMAS DO CINEMA

O cinema mudo está de volta nos lançamentos da Obras-Primas do Cinema. Dessa vez a distribuidora traz uma edição voltada para os clássicos que influenciaram o gênero de horror, ainda no período silencioso. Além disso, uma novidade: a partir de agora todas as edições duplas serão em digipak, anteriormente as edições eram em amaray com luva. A edição traz os filmes: "O Médico e o Monstro" de 1920, "A Carruagem Fantasma" de 1921, "O Corcunda de Notre Dame de 1923 e "O Fantasma da Ópera" de 1925. Todos os filmes estão remasterizados, com sistema de som 2.0 e legendas em português. Nos extras duas versões anteriores de "O Médico e o Monstro": uma de 1912 e uma de 1920, sendo essa última produzida por Louis B. Mayer. Outro extra presente é uma entrevista com Ingmar Bergman, falando sobre a influência de "A Carruagem Fantasma" em seus filmes.

Confira imagens da edição:










Confira algumas capturas de menus e imagens:
(clique para ampliar)












































"Horror Mudo" já se encontra disponível para compra, nas melhores lojas do ramo. Clique na capa, para saber mais informações ou para adquirir a sua edição:

***

RESENHA - HORROR MUDO - OBRAS-PRIMAS DO CINEMA RESENHA - HORROR MUDO - OBRAS-PRIMAS DO CINEMA Reviewed by Rodrigo Veninno on 19:12 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.