NOTA RÁPIDA - MARY PICKFORD

Mary Pickford foi uma das grandes lendas do cinema mudo. Seus cachos e seu jeito inocente nos filmes, eram suas características marcantes. Fora das telas, Pickford não era nada parecida com as personagens angelicais que interpretava: Era uma mulher de opinião e de atitude. Produzia seus próprios filmes. Junto com Chaplin, Griffith e Douglas Fairbanks, fundou a United Artists, um dos primeiros estúdios independentes, ainda na era muda do cinema. O estúdio surgiu como uma necessidade de liberdade para os atores, que se viam em várias ocasiões, reféns do sistema dos chefões de estúdio. Por causa de suas personagens, recebeu as alcunhas de "Queridinha da América", "Pequena Mary". Em 1930, numa tentativa de se desvencilhar da imagem criada sobre sua persona, decidiu cortar seus cachos. Foi um choque para o público. Na época, estrelava "Coquette" e mesmo com o público não reagindo bem à sua rebeldia em querer mudar de imagem, acabou ganhando um Oscar por seu desempenho no filme. Sua rebeldia acabou custando caro: o público não a enxergava mais como uma figura angelical e sua popularidade acabou despencando, fazendo com que abandonasse o cinema. Tornou-se alcoólatra e passou seus últimos anos reclusa. Morreu aos 87 anos em 29 de maio de 1979.
NOTA RÁPIDA - MARY PICKFORD NOTA RÁPIDA - MARY PICKFORD Reviewed by Rodrigo Veninno on 19:59 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.