FILMES QUE JÁ FORAM CONSIDERADOS PERDIDOS - PARTE 4

Hoje volto com mais uma lista sobre filmes que já foram considerados perdidos.

Too Much Johnson
Remake de um filme produzido em 1919, essa versão produzida em 1938, foi readaptada e dirigida por Orson Welles. A produção e a recepção desse filme foram bastante problemáticas a ponto de Orson Welles jamais permitir sua exibição pública. A única cópia conhecida do filme estava sob a posse do diretor. Um incêndio em sua casa, fez com que o filme fosse considerado perdido, porém em 2008 uma cópia foi descoberta na Itália. 

O Zumbi (The Ghoul)
Feito em 1933, passou anos sendo considerado perdido até ser encontrada uma cópia na Tchecoslováquia. A versão encontrada além de editada, era legendada e estava em péssimo estado de conservação. Na década de 80, foi encontrada no cofre do estúdio Shepperton, uma cópia em perfeitas condições. O cofre além de esquecido, estava sem uso desde meados da década de 30.

Branca de Neve (Snow White) (1916)
Usado como base para a produção da animação feita pela Disney, esse filme passou décadas considerado perdido após a única cópia conhecida desaparecer em um incêndio. Em 1992, foi encontrada em Amsterdã, uma cópia com legendas em holandês e com diversos cortes.

A Mulher do Faraó (Das Weib des Pharaoh)
Dirigido por Ernst Lubitsch e com Emil Jannings no papel principal, foi o último filme alemão de Lubitsch, que iria consolidar sua carreira em Hollywood. A versão completa do filme havia sido perdida há anos. Foi necessário reunir diversos negativos ao redor do mundo para uma reconstrução que se aproximasse da obra original. O filme levou cinco anos para ser restaurado e reconstruído e mesmo assim ainda faltam muitas partes.

The Devil (1921)
Terceira versão muda da história em que o Diabo se disfarça de humano para provar que o mal pode vencer o bem, ao semear intrigas para separar um casal apaixonado. A segunda versão, produzida na Hungria, foi dirigida por Michael Curtiz. Essa terceira versão marca a estreia no cinema de George Arliss, vindo de uma carreira gloriosa na Broadway. O filme passou anos considerado perdido até ser encontrada uma cópia na década de 90.

Lucky Star
Dirigido por Frank Bozarge e estrelado por Janet Gaynor e Charles Farrell, foi produzido em duas versões: uma muda e outra parcialmente sonora. Ambas as versões foram perdidas. A versão muda foi redescoberta em um arquivo holandês na década de 80. A versão parcialmente sonora permanece perdida. 

O Monstro do Circo (The Unknown)
Reza a lenda que esse filme tornou-se perdido justamente por seu título ("desconhecido" em inglês). Ao ter essa identificação nas latas dos negativos, o filme acabou sendo arquivado e esquecido. E foi justamente por essa identificação que o filme foi descoberto em 1968. Uma equipe especializada em identificar filmes, achou um lote de filmes identificados como "desconhecido" nas latas e passou a buscar informações para identificá-los. Foi então que essa cópia foi encontrada e restaurada.

Laugh, Clown, Laugh
Mais um filme estrelado por Lon Chaney. A cópia encontrada, não está completa, porém não interfere na compreensão do filme. Algumas partes faltantes do filme, incluem o final. A cópia sobrevivente acaba abruptamente.

Postar um comentário

0 Comentários