AS MULHERES COMEDIANTES DO CINEMA MUDO

Quando falamos em comédia no cinema mudo, lembramos automaticamente de Chaplin, Keaton, Lloyd, Laurel e Hardy, entre outros. Sempre nomes masculinos. É como se apenas homens tivessem feito comédias no cinema mudo, mas isso não é verdade. Haviam as mulheres que também faziam comédias. Algumas delas se especializaram no gênero, tornando-se lendas do seu tempo, porém com o passar dos anos, foram esquecidas. Há também as atrizes que ficaram mais famosas por papéis dramáticos, mas que eram geniais nas comédias. A lista de hoje resgata oito atrizes que merecem ser redescobertas nesse gênero.

Mabel Normand
Mabel pode ser considerada a "mãe" de todas as atrizes que faziam comédias no cinema mudo, já que ela foi praticamente uma das primeiras mulheres a se especializarem no gênero. Foi com Mabel também, o início de Chaplin no cinema. Além de atriz, era roteirista, diretora e produtora. Foi um dos maiores nomes do estúdio Keystone, antes de fundar seu próprio estúdio de produção de filmes. Além de Chaplin, Mabel firmou parceria com  Roscoe Arbuckle, outro nome masculino bastante popular do cinema mudo. Sua carreira entrou em declínio após seu nome ser vinculado a diversos escândalos fora das telas. Sua saúde se deteriorou e ela faleceu com apenas 37 anos. Passou anos esquecida, mas com o movimento feminista resgatando nomes do cinema mudo, voltou aos holofotes e hoje é reconhecida sua importância nos primórdios do cinema.

Colleen Moore
Colleen Moore entra na categoria de atrizes que fizeram filmes dramáticos, mas que também eram populares nas comédias. Passou anos esquecida, pelo fato de boa parte de seus filmes serem considerados perdidos, mas a partir da década de 90, foram descobertos alguns filmes que trouxeram de volta a sua fama de atriz de comédias. Foi também uma das atrizes ao lado de Louise Brooks que popularizaram o corte de cabelo Chanel. Uma de suas comédias mais populares é o filme "Ver pra Crer" (Why Be Good?) de 1929.

Gloria Swanson
Uma das maiores atrizes do cinema mudo, Gloria Swanson também chegou a fazer algumas comédias. "Stage Struck" de 1925, traz uma Gloria Swanson fazendo um humor pastelão bem próximo ao que Chaplin fazia. Chegou a estrelar duas comédias dramáticas dirigidas por Cecil DeMille: "Male and Female" e "The Affairs of Anatol". Outra comédia dramática que se destaca é "Manhandled" de 1924.



Contance Talmadge
Constance pode ser considerada uma atriz que se especializou em fazer comédias. Irmã de Norma Talmadge, uma das maiores atrizes dramáticas do cinema mudo, chegou a tentar trilhar o caminho da irmã, mas não foi bem sucedida. Em uma entrevista, ela chegou a dizer que descobriu que cada um tinha seu dom e que o dom de sua irmã era fazer as pessoas chorarem, enquanto o dela era fazer as pessoas sorrirem. Muitos de seus filmes, possuem elementos que seriam bastante populares durante as décadas de 30 e 40, período em que as Screwballs dominavam o gênero comédia. Mesmo sendo uma das campeãs de bilheteria do seu tempo, hoje Constance segue bastante esquecida.


Bebe Daniels
Bebe Daniels é mais lembrada por sua parceria e caso amoroso com Harold Lloyd. Além de atriz foi cantora, dançarina, escritora e produtora. Atuou em mais de 200 filmes. Após grande êxito nas comédias, decidiu aceitar papéis mais dramáticos e assinou contrato com Cecil B. DeMille, que a colocou em papéis secundários. A mudança para papéis dramáticos, se deu após uma crise na parceria com Harold Llloyd: a dupla fazia grande sucesso, mas a ascensão de Daniels, incomodava Llloyd. Se aposentou em 1935, tendo ainda alguns êxitos no final de sua carreira. Anos mais tarde trabalhou no rádio e na televisão.

Edna Purviance
Dessa lista, talvez o nome de Edna seja o mais esquecido e isso é irônico já que ela foi uma das melhores parcerias de Chaplin no cinema mudo. Foi convidada por Chaplin para estrelar um filme com ele em 1915. Nos sete anos seguintes, estrelaram mais de 20 filmes. Boa parte, grandes sucessos. Em agradecimento pela parceria, Chaplin deu-lhe o papel principal no filme "Casamento ou Luxo?" (A Woman of Paris), filme dramático que acabou sendo um grande fracasso.

ZaSu Pitts
Estrelou comédias até ser escalada por Erick von Stroheim, para o filme "Greed", mas os filmes dramáticos não deram muito certo, após um episódio muito curioso: ela havia ganho um papel dramático em "Nada de Novo no Front" (All Quiet on the Western Front), que teve a pré-estreia junto com uma de suas comédias. A pré-estreia do filme foi prejudicada, pois cada vez que ZaSu aparecia, as pessoas caíam no riso, mesmo o filme sendo dramático. Ela acabou sendo substituída por outra atriz que regravou todas as suas cenas, mas esse episódio fortaleceu mais ainda sua fama de atriz de comédias. É considerada uma das mais duradouras comediantes da história do cinema. Trabalhava como freelancer.

Marie Dressler
Quando jovem, Marie queria ser uma cantora de Ópera, mas acabou se encontrando no Vaudeville. Sua primeira aparição no cinema foi em 1910, aos 42 anos de idade. Em 1914, ela atuou em "Tillie's Punctured Romance", ao lado de Chaplin e Mabel Normand. Esse filme é considerada a primeira comédia longa metragem do cinema. O filme foi um grande sucesso, gerando sequências e mais papéis cômicos para Dressler. Foi uma das poucas comediantes do cinema mudo, ao lado de ZaSu Pitts que fizeram a transição pro cinema sonoro.  Sofreu uma queda de popularidade no final dos anos 20, mas no início da década de 30, teve uma nova ascensão, chegando até a ganhar um Oscar por "Flor do Lodo" (Min and Bill), uma comédia dramática feita em 1930.

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Olá, tudo bom?

    Parabéns pela postagem! Senti falta de Marion Davies nessa lista, atriz incrível e uma de minhas favoritas do Cinema Mudo, imitava Mae Murray, Lillian Gish, Pola Negri e Jetta Goudal que era uma beleza, hehehe. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. A Marion quase entrou na lista. Quem sabe em uma segunda parte?
      Vou em breve fazer uma nova pesquisa e ver se descubro mais nomes.

      Abraços.

      Excluir

Obrigado por comentar!!!